Mensagens

A IMPORTâNCIA DAS FORçAS LEIGAS NA IGREJA

A IMPORTâNCIA DAS FORçAS LEIGAS NA IGREJA

Escrito por Edielson Rocha Batista | 12/07/2018

Gostaria de dizer algumas palavras relativas à importância das forças leigas que são as coordenadorias existentes em nossas igrejas, sejam elas de adultos, jovens ou adolescentes e, pensando também na igreja nacional, as coordenadorias nacional.

Todos somos ovelhas dirigidas pelo pastor e todos somos importantes no ministério pastoral de cada um dos pastores. As ovelhas precisam da direção do pastor, pois sem esta direção caminhariam sem rumo certo e se perderiam. O pastor também precisa das ovelhas, senão não teria sentido ser chamado de pastor.

Quando eu digo que elas são importantes é porque 90% das atividades que movimentam as igrejas são feitas pelas forças leigas, sem elas fica muito pesada a carga do pastor na condução dos trabalhos.

O pastor sozinho não consegue fazer as atividades da igreja, ele precisa da ajuda das lideranças, ele precisa da ajuda das coordenadorias, dos departamentos, do ministério diaconal, do Conselho e do povo em geral.

Muitas igrejas estão sendo fechadas por falta de atividades, pois elas precisam, além da pregação da Palavra, no sentido literal, das atividades de uma boa Escola Dominical, de programas culturais, de ensinos dirigidos para casais, jovens, adolescentes e crianças. O pastor sozinho não dá conta de tudo! Assim, gostaríamos que as igrejas desenvolvessem atividades em conjunto (pastor/forças leigas) e juntos sejam uma plataforma segura onde quem estiver necessitando de um apoio, pastor e forças leigas ajudem àqueles nestas condições.

Desta forma teremos igrejas fortes, unidades ativas, com entusiasmo e com um único objetivo, que é o crescimento do povo de Deus no Presbitério do ABC.

Nós somos caros para Deus! Jesus pagou um preço muito alto por nós, façamos valer este investimento.

Que Deus nos abençoe nesta caminhada!

A Ele, pois, seja a honra, glória, louvor e poder para sempre!

Culto da Família, 16.06.2018

Almer Vanderlei Ferreira
Presbítero na 1ª IPI de Santo André e Coord. Regional de Adultos Presb. ABC

Projeto Toledânia